Publicado por: Lord Tetrarex | fevereiro 25, 2010

PS2 Indo embora ????? O_O

Adeus PS2, nós sentiremos saudades!

Parece que a longa jornada do console mais vendido da história (com mais de 140 milhões de unidades comercializadas) está finalmente chegando ao seu fim. Uma década depois do seu lançamento, em março do ano 2000, o PlayStation 2 começa a apresentar sinais de fadiga.

Com a consolidação das plataformas de sétima geração, especialmente — e a recente estabilização do PlayStation 3 — o saudoso e revolucionário PS2 começa a entrar em declínio, sem muito suporte da Sony e menos lançamentos para plataforma.

Porém, uma legião de jogadores resiste em despedir-se desse ícone eletrônico que mudou para sempre o universo do entretenimento eletrônico. Com uma biblioteca de títulos que ultrapassa a marca de 2.500 exemplares não faltaram lembranças para os fãs dessa plataforma.

 

Como tudo começou

Todo mundo (ainda) quer um

 

Quando o PlayStation 2 foi lançado oficialmente o console causou tamanho furor que as poucas unidades enviadas para as lojas esgotaram-se quase que instantaneamente, provocando grande transtorno para a Sony.

A procura era tanta que site de leilões eletrônicos, como o eBay e o Mercado Livre, ofereciam versões “inflacionadas” do console — que em alguns casos superavam US$ 1.000. Vale notar que, após esta onda de procura pelo PS2, somente agora — com o advento do Nintendo Wii — evidenciou-se uma procura tão intensa por uma determinada plataforma de jogos.

O modelo original do PS2.Mesmo com os problemas iniciais de distribuição (que afetaram as vendas do console) o PS2 mostrou muita força nas caixas registradoras de todo o mundo — em parte por conta da força já estabelecida da marca PlayStation e das várias funcionalidades da nova plataforma —, vendendo mais de 980,000 unidades somente no primeiro dia de vendas no território japonês.

Com o sucesso nas lojas os analistas anteviram uma briga acirrada entre o PS2 e os seus outros dois principais concorrentes de sexta geração, o Xbox da Microsoft e o GameCube da Nintendo (sendo que o GameCube levava alguma vantagem por ser o console mais barato e com um mercado de jogos aberto e já estruturado com a marca Nintendo).

Entretanto tudo mudou em 2001, com uma enxurrada de lançamentos de peso — entre eles Gran Turismo 3: A-Spec e Grand Theft Auto III —, que não apenas mantiveram o momento do PS2, mas também o credenciaram para o inevitável estrelato que viria em seguida.

Em setembro de 2004 um novo salto nas vendas, com a chegada do emblemático Grand Theft Auto: San Andreas e do PS2 Slim, uma versão menor, mais leve e com várias revisões no hardware da máquina. De lá para cá alguns anos se passaram e a fama do PS2 apenas aumentou, entretanto a briga ficou mais injusta com a chegada da sétima geração e o rei viu seu trono ameaçado.

Com as quedas nas vendas e a diminuição de suporte das desenvolvedoras (que simplesmente não tinham mais interesse em criar títulos para a plataforma) a Sony se viu obrigada a cortar os preços do console e concentrar seus esforços nos seus outros consoles, o PlayStation 3 — sucessor direto do PS2 — e o PlayStation Portable. Mas esse não é o fim da história do PS2.

Quando a Sony lançou o PlayStation 2 a empresa já sabia que o console — por mais revolucionário que fosse — seria apenas a segunda etapa de uma empreitada muito maior. Um enigmático comercial vinculando na época do lançamento mostrava um pouco do que a empresa tinha em mente para a franquia PlayStation, culminando no futuro de 2078 e de um possível PS9.
 

Legado

Herois são lembrados, mas lendas nunca morrem

 

Se hoje a conversa é sobre jogos hardcore ou casuais, na Era PS2 o assunto era jogo bom! Pouco importava se você era fã de jogos de tiro ou de RPG, ou quem sabe dos bons e velhos títulos de ação/plataforma ou ainda de inventivos títulos de quebra-cabeça. O grande trunfo do PS2 era justamente o de atender a todos os gostos.

Sua vasta biblioteca de títulos apresentou alguns dos melhores jogos já feitos, indo do casual (e inusitado) Katamari Damacy aos emblemáticos emblemáticos Metal Gear 2 e 3, passando por obras como Ico e Shadow of the Colossus, sem se esquecer do sempre popular God of War e Final Fantasy.

Não é a toa que tantos jogadores ainda conjecturem a possibilidade de adquirir um PS2, enquanto que os felizardos que já possuem um dificilmente irão desfazer-se do bom e velho companheiro de jogo, mesmo se comparem um novo console de sétima geração.

São jogos de peso como Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty, Grand Theft Auto: Vice City e San Andreas, God of War 2, Final Fantasy XII, Shadow of the Colossus, Need for Speed: Underground, Devil May Cry 3: Dante’s Awakening, Okami, Black, Kingdom Hearts e tantos outros. Para quem não lembra o Baixaki Jogos já fez um especial celebrando a maioria desses clássicos (quem não viu pode conferir clicando aqui).

Metal Gear 3 God of War 2
GTA: San Andreas GT4
FFXII Pro Evolution Soccer 9
Shadow of the Colossus Black
Okami God of War
Devil May Cry 3 Need For Speed: Underground
Metal Gear 2 GTA: Vice City

Perde aqui, ganha ali

Saída pela direita

 

Desde a chegada dos consoles de sétima geração o PlayStation 2 vem perdendo cada vez mais espaço nas prateleiras, apesar de ser o único console da geração passada que ainda aparece ao lado das plataformas atuais, de última geração.

No relatório fiscal da Sony referente aos anos 2006/2007 (o que significa que os dados já estão bem ultrapassados) evidenciava-se nas vendas do PS2, que ainda assim superava com larga margem a venda de jogos do PlayStation Portable (PSP) e PS3 juntos.

Vendas globais de hardware (consoles)
Console Vendas Variação do comércio de unidades
PlayStation 2 13,73 milhões – 0,98 milhão
PlayStation 3 9,24 milhões + 5,63 milhões
PlayStation Portable 13,89 milhões + 4,36 milhões

 

Vendas globais de software (jogos):
Console Vendas Variação do comércio de unidades
PlayStation 2 154 milhões – 39,5 milhões
PlayStation 3 57,9 milhões + 44,6 milhões
PlayStation Portable 55,5 milhões  + 0,8 milhão

Na época a empresa declarou que os dados refletiam o que já era esperado, a queda do PS2, e que a Sony estaria “preparando as bases” para a eventual saída do PS2. Para tanto novos investimentos foram feitos para promover o PS3 para que este tomasse o seu lugar de direito na sucessão da família PlayStation.

PS2  Slim, uma evolução atraente.No entanto, o fortalecimento de vários mercados emergentes (leia-se Brasil, Índia e outros “subdesenvolvidos” em crescimento) — que acompanharam com alguma distância a saga de sucesso do PS2 — finalmente abriu as portas desses países para o consumo de algumas frivolidades como os video games.

Herdeiro de uma extensa biblioteca de jogos — que inclui grandes franquias como as séries Metal Gear, God of War, Final Fantasy — o PS2 pode não ser a mais bela dama do baile, mas certamente ainda pode oferecer algumas danças pelo salão.

Por aqui, nas terras tupiniquins, a Sony Brasil iniciou oficialmente a vendas dos produtos da linha Playstation em meados do ano passado, sendo que esta foi a primeira vez que a tradicional empresa japonesa distribui o afamado console no nosso país.

Infelizmente a abordagem não foi das melhores, já que a loja online da Sony lista PS2 com preço sugerido de R$ 799,00 — podendo ser parcelado em até dez vezes, com juros de 2,99% ao mês (o que leva o preço final a 912,3 reais).

Vale lembrar que atualmente o PS2 é vendido em várias lojas do varejo por preços que variam de 499 a 1300 reais — sendo que nos Estados Unidos o preço sugerido é de US$ 99,00 (algo em torno de 180 reais).

Quanto aos jogos, os títulos do PS2 têm valores sugeridos de R$ 99,00 — focando-se na linha Greatest Hits —, entre os destaques estão: Killzone, Shadow of the Colossus, God of War e SOCOM 3: U.S. Navy Seals.
 

Zumbi eletrônico

A volta dos que não foram

Mas será que o PlayStation 2 está realmente morto? Afinal de contas com uma lista de mais de 2500 jogos e milhões de unidades comercializadas e outras milhões depositadas em prateleiras de lojas ao redor do mundo o console que outrora dominou o mercado dos video games pode ter perdido o seu trono, mas parece que ainda vai permanecer no meio por algum tempo.

Como já comentamos, a distribuição oficial do console no Brasil começou somente no ano passado — e segundo as previsões da Sony a tendência é tornar os produtos da linha PlayStation mais acessíveis ao público brasileiro —, o que significa que a empresa ainda vai manter seu apoio a plataforma (mesmo que de forma limitada e regionalizada).

Mesmo com a escassez de novos jogos será que o PS2 realmente precisa de mais títulos? A sua biblioteca além de extensa é de alta qualidade e mesmo que não sejam produzidos novos jogos os donos da plataforma ainda têm muitas opções para se deleitar.

É verdade que a hora é da sétima geração, PS3 e Xbox 360 estão na frente (brigando de forma acirrada), enquanto que o Nintendo Wii fatura milhões com a venda de consoles e jogos, mas o PS2 (mesmo fora da briga) ainda possui um lugar cativo — não apenas no coração dos fãs — no mundo dos video games.

Créditos ao Baixakijogos.com.br

Para mim o Ps2 continuara sendo um dos melhores consoles^^.Quem sabe este não seja um adeus, mas apenas um “até a próxima”.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: